sexta-feira, 12 de abril de 2013

Sinopse de livro: Zanoni -Bulwer Lytton

Milu Duarte

Nem só de literatura russa vive esta blogueira: assim, deixo o meu outro blog para a literatura russa e este para livros em geral, já que adoro livros, tanto romances(não sou chegada nos best-sellers), livros sobre economia (minha profissão), história(meu hobby), política (minha paixão), espiritualismo (minha necessidade), e por aí vou, não conseguindo ficar sem um livro por perto.

Hoje posto um livro ocultista, considerado, mesmo, um clássico do ocultismo. Zanoni, de Bulwer Lytton. Excelente. Li já faz muito tempo, adorei. Ele é um misto de ficção e história real. Ambientado no século XIX, na Itália e na França, exatamente à época da Revolução Francesa. Não posso dizer que a obra tenha um tema central, mas vários temas que convivem, lado a lado, tipo a alquimia, sociedades secretas, morte, amor, espíritos,  tudo isto vivido por personagens que simbolizam paixões, medos, fé, instinto, coragem covardia, ambição, audácia, heroísmo, bondade, ou seja, repletos de sentimentos contraditórios, que nos transportam numa viagem pelo mundo destes personagens. O autor é primoroso nas descrições, sem ser cansativo. Zanoni, o personagem central, é um alquimista, que consegue prolongar sua vida por muitos séculos, para - no final - desistir de seus poderes sobrenaturais e o faz por amor a uma cantora de ópera.

Do mesmo autor, temos os livros "Os últimos dias de Pompéia" e "Vril, o poder da raça futura".

Agradeço ao amigo que corrigiu uma informação que eu havia postado, sobre Lytton ser, também, autor de "O Filho de Zanoni", obra escrita por František Lorenz.